Columbo Assessoria Contábil e Jurídica

Notícias Empresariais

CRÉDITO NF - Mais de R$ 24 milhões em créditos foram liberados pelo programa Nota Fiscal Paulista

Publicada em 18 de fevereiro de 2021

Consumidores cadastrados no programa Nota Fiscal Paulista, já podem resgatar créditos referentes às compras e doações de documentos fiscais realizadas em outubro do ano passado.

Segundo a Secretaria da Fazenda e Planejamento, foram disponibilizados R$ 24,5 milhões em crédito. Desse total, cerca de R$ 12,1 milhões serão resgatados por pessoas físicas, e R$ 12,2 milhões por instituições filantrópicas, para que estas utilizem o valor em seus projetos.

Contando com esse valor que está sendo liberado neste mês, em 2021 a Secretaria já disponibilizou em torno de R$ 45 milhões aos participantes cadastrados no programa. Em janeiro, o valor para pessoas físicas foi de R$ 10 milhões e, para instituições filantrópicas, de R$ 10,1 milhões.

Acesso ao crédito

Os inscritos no programa da nota fiscal podem transferir o valor que têm direito para uma conta corrente ou poupança por meio do aplicativo da Nota Fiscal Paulista. O aplicativo está disponível na loja virtual para smartphone e tablet para ser baixado gratuitamente.

Com o CPF ou CNPJ e senha cadastrada, você consegue conferir o valor disponível e fazer a transação financeira. Já para quem for fazer a transação via computador, é necessário entrar na página portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/nfp. Independentemente da maneira que irá acessar o crédito, o valor estará em conta em até 20 dias.

O crédito disponibilizado para integrantes do programa, podem ser resgatados pelos em até cinco anos, a partir da data da liberação, e utilizados em qualquer momento dentro deste período. Com R$ 0,99 disponível, já é possível realizar a transferência.

 

O programa Nota Fiscal Paulista existe desde 2007 e possui 24,9 milhões de participantes cadastrados. Desde seu início, já foram devolvidos aos participantes cerca de R$ 17,1 bilhões, sendo R$ 15,3 bilhões em créditos e R$ 1,8 bilhão em prêmios.

Fonte: Contábeis

Voltar para a listagem de notícias